ATRIBUIÇÕES:

  • gerenciar os trabalhos afetos a GOTAE, orientando-os, coordenando-os e fiscalizando-os;
  • instruir e fazer efetuar exames, análises e pesquisas da água destinada ao abastecimento público, desde o seu estado natural até o consumo, registrando em boletins;
  • instruir e fazer efetuar exames, análises e pesquisas das águas tratadas nas ETAs para avaliação do tratamento, registrando em boletins;
  • fazer fiscalizar as dosagens do tratamento químico da água nas ETAs e nos poços profundos do SAAE, bem como, a qualidade do material empregado nas mesmas;
  • fazer efetuar estudos e pesquisas objetivando o aperfeiçoamento dos processos de tratamento de água, bem como das instalações e equipamentos;
  • fazer efetuar estudos e pesquisas sobre biologia aplicada aos problemas de água;
  • instruir e fazer fiscalizar os trabalhos de limpeza e desinfecção de novas linhas de adução e distribuição de água nos reservatórios e das canalizações existentes que tenham
  • sofrido reparos, realizando os indispensáveis exames químicos e bacteriológicos para avaliação para início e reinício do funcionamento desses sistemas;
  • fazer lavar periodicamente os floculadores, decantadores e filtros das ETAs;
  • fazer proceder a descarga geral e periódica dos pontos de rede de distribuição de água potável;
  • instruir e fazer manter em dia os elementos informativos e dados estatísticos de produção e consumo de água, bem como o consumo de produtos químicos;
  • apresentar especificação de qualidade de produtos químicos necessários ao tratamento de água, de modo a impedir a aquisição de materiais inadequados;
  • instruir e fazer manter a manutenção preventiva de todas as máquinas das ETAs;
  • tomar providências imediatas quando verificar nas ETAs problemas que impeçam o fornecimento de água à população;
  • fazer com que a água servida à população, se enquadre dentro das condições legais de potabilidade;
  • prestar informações técnicas de orientação e esclarecimentos dos resultados das análises físico-químicas e bacteriológicas, conforme Portaria nº 518 do Ministério da Saúde;
  • providenciar os relatórios sobre a qualidade da água à Vigilância Sanitária e sobre o controle de produtos químicos utilizados à Polícia Civil e Federal, bem como o registro da
  • responsabilidade técnica junto ao CRQ, CRBio;
  • emitir certidões, laudos e declarações relacionados às suas atribuições, quando solicitados à Autarquia;
  • orientar e fornecer as informações necessárias às Unidades de Atendimento ao Usuário e aos atendentes do "sistema 0800", para esclarecer as dúvidas e reclamações dos
  • usuários relativas aos serviços executados ou fiscalizados pela GOTAE e seus setores;
  • instruir, fazer efetuar e supervisionar exames, análises e pesquisas dos efluentes, registrando em boletins;
  • instruir, fazer efetuar e supervisionar exames, análises e pesquisas das águas tratadas na ETE de serviço para avaliação do tratamento, registrando em boletins;
  • fiscalizar e fazer efetivar as dosagens do tratamento químico de esgoto na ETE, bem como, a qualidade do material empregado no mesmo;
  • efetuar estudos e pesquisas objetivando o aperfeiçoamento dos processos de tratamento de esgoto, bem como das instalações e equipamentos;
  • efetuar estudos e pesquisas sobre biologia e físico-química aplicada aos problemas de esgoto;
  • orientar, acompanhar e fazer manter atualizado o cadastro industrial, especificando a natureza e volume dos efluentes industriais que vão ter às redes de esgotos sanitários;
  • instruir, fazer efetuar e supervisionar às operações do tratamento e limpezas necessárias da ETE;
  • instruir, fazer efetuar e supervisionar a descarga geral e periódica dos pontos de rede de distribuição de água de serviço;
  • fazer verificar e controlar o lançamento de resíduos líquidos dos poluentes nas redes públicas de esgoto e do efluente;
  • manter em dia os elementos informativos e dados estatísticos do tratamento de esgoto, bem como o consumo de produtos químicos;
  • apresentar especificação de qualidade de produtos químicos necessários ao tratamento de esgoto, de modo a impedir a aquisição de materiais inadequados;
  • manter a manutenção preventiva de todas as máquinas da ETE;
  • realizar as providências imediatas quando verificar nas ETEs problemas que impeçam o tratamento do esgoto;
  • tomar imediatas providências quando verificar nas ETEs problemas que comprometam sua eficiência;
  • executar outras atividades afins que lhe forem delegadas pela Superintendência.

Gerente de Operações de Tratamento de Água e Esgoto: Leila Jorge Patrizzi

 

[Estrutura Organizacional]