Inicial E.T.E.
Estação de Tratamento de Esgoto

A Prefeitura Municipal de São Carlos e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) contrataram via processo licitatório, o consórcio Delta Araguaia para a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Monjolinho. Este projeto estação foi concebido pelo Departamento de Hidráulica e Saneamento da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP), localizado no antigo sítio Santa Adelaide, situado na estrada municipal Cônego Washington José Pêra. A conclusão desta obra irá proporcionar a instalação de um parque ambiental na primeira estação de energia do Estado de São Paulo e recuperará todo o ciclo biológico de três cachoeiras. A primeira etapa tratará 100% do esgoto gerado no município, com uma vazão de 600 litros por segundo. Atualmente, são despejados no córrego do Monjolinho cerca de 500 l/s. A segunda etapa deverá ser implantada em 2015, prevendo-se o tratamento de 1.000 l/s. Estimando-se uma população de 500 mil habitantes, a terceira etapa deverá ser implementada a partir de 2055, com capacidade de tratar 1.270 l/s. Ao deixar de poluir e degradar o meio ambiente, o nome da cidade e os índices de avaliação de desenvolvimento humano atingirão um patamar mais elevado, que servirão de base de argumentação para a atração de novas indústrias e geração de negócios promissores.

 

São Carlos


 

Água Vermelha


 

Fotos da Maquete E.T.E. São Carlos


 
2009 - SAAE - Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Carlos - SP © Direitos reservados.